segunda-feira, 5 de agosto de 2013

NOVA EDIÇÃO DO LIVRO PSICOLOGIA DO TRABALHO - COM ALTERAÇÕES SUBSTANTIVAS


Passados mais de dez anos da primeira edição, que sofreu algumas reimpressões, a Casa do Psicólogo, agora uma empresa da Pearson, está editando o "Psicologia do trabalho e gestão de recursos humanos".


Alguns capítulos foram excluídos e outros mais contemporâneos foram incluídos no contexto da obra. As mudanças possibilitaram a inserção de temas e abordagens que se consolidaram após a primeira edição e trouxemos novos autores que apresentamos à comunidade psi.



Um texto anterior ao conhecido A psicologia do trabalho em três faces, que focalizava o contexto e as transformações econômicas e organizacionais nas diversas épocas abordadas, com uma influência da teoria francesa da regulação, foi incorporado ao volume, na expectativa de dar mais subsídios aos interessados nas transformações da POT.



Aguardamos os comentários dos leitores, críticos e de incentivo também, para que possamos refletir sobre o trabalho e melhorá-lo a cada edição.


O livro se encontra no prelo, com previsão para venda nos próximos dias.

Sumário

PARTE I – PSICOLOGIA E TRABALHO

Contexto, regulação e psicologia do trabalho: notas para um estudo histórico
A psicologia do trabalho em três faces
O campo da psicologia aplicada ao trabalho
O sentido do trabalho humano
Expectativas de desempenho de psicólogos em modernas organizações

PARTE II – A GESTÃO DE PESSOAS NA INTERAÇÃO COM A PSICOLOGIA DAS ORGANIZAÇÕES E DO TRABALHO

Gestão de recursos humanos: o enfoque das relações de trabalho
Desempenho e maturidade em gestão de pessoas
Serious games e desenvolvimento de competências policiais
Como as indústrias nipobrasileiras fazem recursos humanos
Cultura organizacional, valores organizacionais e a figura do fundador
Cultura organizacional: um estudo da administração pública do estado de Minas Gerais

PARTE III - A GESTÃO DE NEGÓCIOS E A GESTÃO DE PESSOAS

A abertura de capital por uma empresa educacional e seus reflexos para a gestão
A integração de franqueados e franqueador em uma empresa de alimentação: um estudo de caso

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

NOVO ARTIGO NA "REFLEXÃO E CRÍTICA": É POSSÍVEL PREVER DESEMPENHO COM PMK?



A revista "Psicologia: Reflexão e Crítica" publicou mais um dos nossos artigos sobre a validade preditiva do PMK. Aprovado em março do ano passado, nele tentamos de toda forma identificar com estatística multivariada a relação entre os indicadores do teste de Myra y López com nove diferentes arranjos de resultados.

Vimos que as medidas de associação são fracas, pouco confiáveis, e no máximo poderiam servir em modelos ainda mais complexos como validade incremental à seleção (ou seja, melhorariam um pouquinho a qualidade da informação.) Considerando a complexidade e dificuldade de aplicação do teste, não sei se vale a pena tanto investimento da parte do profissional psicólogo para tão pouco resultado.

Acessem o artigo completo no Scielo:


O artigo é um desdobramento da defesa de dissertação de mestrado da Alina, autora principal do artigo, hoje doutora. Tem sido uma experiência muito rica poder juntar competências com Alina e Beth Nascimento, que têm experiência em avaliação psicológica, psicometria, neuropsicologia e construção de instrumentos de avaliação psicológica. Penso que a união de diferentes áreas da psicologia pode gerar trabalhos mais consistentes. É uma mudança cultural no meio psi, que talvez por defesa, tende a criticar as áreas que não a sua, perdendo esta possibilidade de enriquecimento a partir do diálogo.