segunda-feira, 20 de maio de 2013

TESTE DE INTELIGÊNCIA É CAPAZ DE PREVER DESEMPENHO NO TREINAMENTO?






Publicamos o artigo intitulado "Validity of G-36 and knowledge tests in relation to performance at a training program" (Evidências de validade preditiva do G-36 e de provas de conhecimento acadêmico em relação ao desempenho no treinamento), na revista Estudos de Psicologia, da PUCCAMPINAS, v. 30, n. 1, pág 67 a 74, jan./mar 2013.


Este estudo teve como objetivo investigar a validade preditiva da nota na prova de conhecimentos acadêmicos e o escore no G-36 em relação ao desempenho no treinamento. A amostra foi composta por 83 candidatos de uma organização pública, com média de idade de 22,91 anos (DP=2,99), sendo 81,9% do sexo masculino e 98,8% com nível médio de escolaridade. Dentre os resultados, não houve correlação significativa entre a nota na prova e as notas nas disciplinas no treinamento. Associações significativas, iguais a 0,5 e 0,41, foram obtidas entre o escore do G-36 e as disciplinas teóricas e práticas respectivamente. Análise de regressão linear indicou que o escore no G-36 apresenta uma variância compartilhada igual a 23,0% em relação às disciplinas teóricas. Novas pesquisas deverão ser conduzidas para esclarecer os resultados do estudo e a contribuição das provas de conhecimentos amplamente utilizadas na seleção de pessoas em concursos
públicos.



Alina Gomide Vasconcelos, Jáder dos Reis Sampaio e Elizabeth do Nascimento.

Acesso do texto completo em inglês no Scielo: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-166X2013000100008&lng=en&nrm=iso