terça-feira, 15 de novembro de 2011

METANÁLISE DE PESQUISAS DE RECRUTAMENTO




Você já fez alguma metanálise com esses cuidados todos?

Estava lendo artigos sobre recrutamento, que ao contrário do que se diz por aí, são muito numerosos na literatura internacional. Chamou-me a atenção o trabalho de Chapman et al. (2005) que se propuseram a fazer uma metanálise do que existia então sobre o tema.
Não pretendo tratar de recrutamento de pessoal, mas dos cuidados metodológicos que eles relataram para fazer seu estudo.
A noção de "pesquisa baseada em evidências" foi propondo diversos cuidados ao pesquisador que deseja realizar uma revisão de literatura, o que distingue a revisão para uma metanálise de uma revisão narrativa. (DE-La-Torre-Ugarte-Guanilo, Takahashi, Bertolozzi, 2011)
No trabalho de Chapman et al. (2005) eles descrevem como fizeram a revisão sistemática de literatura:
  1. Escolheram bases de dados de psicologia, administração e educação
  2. Pesquisaram 26 palavras-chave relacionadas diretamente ao recrutamento
  3. Encontraram seis estudos de revisão sistemática, que permitiram acesso a trabalhos desde 1967.
  4. Reviram trabalhos apresentados em congressos da Academy of Management e da Society of Industrial and Organizational Psychology
  5. Não satisfeitos, procuraram dezoito proeminentes pesquisadores no campo do recrutamento para encontrar estudos sob revisão, em processo de publicação ou em progresso.
  6. No final encontraram e fizeram a revisão de 298 estudos
  7. Setenta e quatro estudos tinham dados relevantes para a metanálise

     
Como se pode ver, os cuidados com a pesquisa são cada vez mais exigentes, na medida em que aumentam as publicações e o acesso a elas. Acho que cada vez menos um aluno pode alegar que não há nada publicado sobre o assunto que ele pretende estudar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário