terça-feira, 27 de julho de 2010

CBPOT: PROF. JAIRO PROPÕE AGENDA DE PESQUISAS PARA POT NO BRASIL


Figura 1: Prof. Jairo Eduardo Borges-Andrade da UnB


Figura 2: Público durante a conferência do Prof. Jairo


O IV Congresso Brasileiro de Psicologia Organizacional e do Trabalho foi realizado no início de julho, em São Bernardo do Campo - SP.


Em uma das conferências interessantes, o Prof. Jairo Eduardo Borges-Andrade, da Universidade de Brasília apresentou os resultados de uma pesquisa que compreende a revisão sistemática de periódicos brasileiros que publicam artigos de POT. Após indicar o que e o quanto foi publicado na última década, o professor fez sugestões para uma agenda dos pesquisadores da área que envolve:
1. Construção de medidas e testes de modelos de predição são necessários:

a) em clima, desvios de comportamento, tomada de decisão e julgamentos, motivação, fuga e esquiva, criatividade e solução de problemas

b) em seleção e avaliação de desempenho

A pesquisa sobre esses objetos de estudo deve adquirir a competência teórico-metodológica demonstrada pela pesquisa em valores, contratos psicológicos , aprendizagem, percepção de justiça e equidade e TD&E

2. Pesquisadores daqueles objetos de estudo precisam criar redes como as existentes entre pesquisadores destes objetos de estudo

3. Explorar temas novos: utilizar estudos descritivos com pequenas amostras

4. Aprofundar temas conhecidos: cuidar da representatividade das amostras

5. Em gestão de pessoas em geral, é necessária a diversificação de temas e de referências advindas de outras áreas do conhecimento

6. Grupos consolidados precisam ousar investigar temáticas fora do que habitualmente fazem

7. Intensificar estudos no nível meso e utilização da abordagem multinível na sub-área como um todo

8. Utilizar mais frequentemente estudos inferenciais com desenhos quase-experimental ou experimental e de corte longitudinal, na sub-área

9. Coletar dados com mais de um método, na sub-área como um todo

10. Fenômenos da sub-área precisam ser estudados no terceiro setor e no segmento primário da economia

11. Sub-área precisa divulgar mais sua produção por meio de veículos dela própria e da psicologia, sem abandonar os veículos da administração

12. Autores também devem citar artigos nacionais, na sub-área como um todo

13. Produção intelectual da sub-área precisa ser mais bem distribuída entre autores e estes devem mantê-la ao longo de suas vidas

14. Estimular a cooperação entre docentes, para desenvolver artigos

15. Compreender redes como uma forma privilegiada de produção intelectual


(Extraído da apresentação do Prof. Jairo Borges-Andrade)